CBR 17 comemora o sucesso em Curitiba

Com uma programação de alto nível composta por diversas palestras, painéis e estudos de caso dentro das mais variadas subespecialidades, além dos ambientes para a realização de procedimentos, construídos para dar mais interatividade ao evento, o XLVI Congresso Brasileiro de Radiologia (CBR 17), contou com a participação de renomados professores nacionais e estrangeiros para compartilhar seus conhecimentos e experiência com profissionais de vários estados que prestigiaram o evento.

24 Out, 2017

 

Nos dias 12, 13 e 14, aconteceu no Centro de Convenções Expo Unimed, em Curitiba (PR), a 46ª edição do Congresso Brasileiro de Radiologia -CBR 17, que reuniu em 17 salas temáticas grandes nomes da radiologia mundial.

A novidade desta edição foi a estreia do espaço Workplace - uma área aberta na entrada da área de exposições, onde foram colocados em pauta diversos temas da área médica da atualidade como a inteligência artificial, que discute qual será o novo papel do médico, com a entrada cada vez mais presente de máquinas e “cérebros eletrônicos”, que podem otimizar e tornar mais assertivo seu trabalho.

Na abertura, a palestra sobre “Novas Formas de Pagamento e o Mercado da Saúde Suplementar no Brasil”, foi ministrada pelo Dr. Emilio Cesar Zilli, diretor de Defesa Profissional da Associação Médica Brasileira (AMB), que mostrou como se compõem as formas de saúde no país. Também falou sobre o sistema DRG (Diagnosis Related Groups), que, segundo ele, ainda é um modelo que exige discussão para a AMB, e comentou a importância do Fator de Qualidade, com uma crítica ao sistema em geral: “a situação do Sistema Único de Saúde [SUS] e da saúde suplementar não são muito diferentes”, pontua.

Em paralelo, ocorreu o Simpósio da Sociedade Brasileira de Neurorradiologia Diagnóstica e Terapêutica (SNBR) – Avaliação por imagem no acidente vascular cerebral isquêmico (AVC) agudo, no qual grande parte do tempo foi dedicada a atividades práticas acerca da tomografia computadorizada.

Um destaque foi o módulo de Mama, que neste ano teve a parceria com a Sociedade Ibero-Americana de Radiologia Mamária (SIBIM), que realizaou simultaneamente o seu XI Congresso. Segundo o seu atual presidente, Dr. Melcior Sentís, da Espanha, que falou sobre novas tecnologias na avaliação da mama, incluindo a telemamografia, além do papel da ultrassonografia na avaliação dos linfonodos axilares depois do trial ACOSOG Z011, é um prazer trabalhar com o Brasil e acredita que esse seja o caminho, com uma integração maior com os radiologistas brasileiros e novas parcerias na organização de eventos.

O Curso de Assistência à Vida em Radiologia (AVR), que ocorreu nos três dias de evento, também foi destaque na programação. O curso reuniu desde residentes até os profissionais mais experientes com o objetivo de atualizar os profissionais da área sobre as diretrizes e padrões internacionais e riscos dos meios de contraste como também prepará-los para o caso de uma emergência, com atividades práticas de suporte básico, vias aéreas e avançado.

Outro ponto alto foi o Curso Baseado em Casos, que apresentou casos diversos dentro de temas trazidos pelos professores que renderam muitas discussões. O Dr. Rubens Chojniak, coordenador da Comissão de Ensino, Residência e Aperfeiçoamento do CBR, foi um dos professores convidados para o curso, veio de São Paulo para mostrar imagens colecionadas de sua ampla vivência na área de Oncologia, que eram votadas por meio do aplicativo do CBR no celular em tempo real. O espaço promoveu um verdadeiro “quiz radiológico”.

Já a 2ª Maratona Brasileira de Residentes em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, competição de conhecimentos radiológicos, repetiu o grande sucesso do ano passado, com mais de 20 equipes de diferentes serviços de residência e aperfeiçoamento do país. Impressionou a concentração dos participantes durante a análise de cada uma das 43 imagens.

A equipe vencedora foi formada pelos doutores Gabrielle Castanho, Gláucia Michelis e Katsumi Junior, todos R3 da Universidade Federal do Paraná, em Curitiba. Os três ganharam passagens aéreas, hospedagem e inscrição para o Encontro Anual da American Roentgen Ray Society (ARRS), em Washington, D.C., nos Estados Unidos, de 22 a 27 de abril de 2018.

Uma das novidades do evento este ano, o Concurso de Fotografia premiou a Dra. Alessandra Rovaris, com a foto Paixão de menino, e o Dr. Carlos Roberto Junior, com Vida dentro da vida, primeiro e segundo colocados respectivamente. As dez imagens finalistas estiveram expostas no evento e a votação foi feita por meio do aplicativo do CBR 17.

Com o sucesso do evento, os radiologistas do país já esperam pela próxima edição, em 2018, de 11 a 13 de outubro, no hotel Windsor Oceânico, no Rio de Janeiro (RJ).

Homenagem

 

Este ano, a medalha de Ouro, maior honraria concedida a um profissional pelo Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), foi entregue ao Dr. Henrique Carrete Junior, ex-presidente do CBR (2013-2014) e presidente-eleito do Colégio Interamericano de Radiologia (CIR). Muito emocionado com a homenagem recebida, dedicou suas realizações pessoais e profissionais aos seus pais, esposa, filhos e colegas de profissão, que tanto o ajudaram ao longo de sua história.

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS