CBR lança 5ª edição do BI-RADS® em português

O documento traz importante contribuição para a qualidade do serviço em mamografia

10 Mai, 2016

Pela primeira vez, os profissionais da imagem do Brasil terão a seu dispor uma versão em português do BI-RADS®. Os trabalhos foram liderados pela dra. Linei Augusta B. D. Urban, coordenadora da Comissão de Mamografia do CBR. A grande procura pelo documento, que foi apresentado durante a JPR 2016 e estará disponível neste mês de maio, comprovou a importância da decisão do CBR de disponibilizar a classificação traduzida, que pode fazer a diferença na qualidade dos resultados obtidos. Números do Programa de Qualidade em Mamografia do CBR mostram que 30 por cento dos serviços não atingiram os critérios para a aprovação. Criado em 1992, o BI-RADS é fruto de um trabalho integrado das áreas de Radiologia, Patologia e Cirurgia.

Reconhecem os especialistas que “a utilização da sistemática utilizada pelo BI-RADS® é fundamental para um serviço de qualidade em mamografia”. Dentro dessa linha de raciocínio, o ID – Interação Diagnóstica em seu Caderno Application, com o apoio de diversos especialistas em Mamografia, tem publicado artigos focados no protocolo e atualizações do BI-RADS, oferecendo informações sempre pertinentes e interessantes.

Nesta edição do ID que está circulando por todo o País, a dra. Selma Di Pace Bauab e o dr. Luciano Fernandes Chala, da Comissão de Mamografia do CBR, publicam artigo intitulado “BI RADS: categorias e recomendações de conduta”, onde apresentam pontos importantes desse documento, desde a finalidade, categorias, lesões e calcificações, proporcionando informações muito atuais para os que atuam na área. 

 

O artigo “BI-RADS: categorias e recomendações de conduta” encontra-se no caderno Application do jornal ID – Interação Diagnóstica. Para receber o jornal em casa ou ver a edição online, cadastra-se em: www.interacaodiagnostica.com.br.

Mais informações sobre o BI-RADS e como fazer para reservar o seu exemplar, acesse cbr.org.br

 

Foto Cléber de Paula (Arquivo). A utilização da sistemática utilizada pelo BI-RADS é fundamental para um serviço de qualidade em mamografia

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS