Exames de radiologia: ponte para o diálogo entre médicos e pacientes

Estudo mostra que mais da metade dos pacientes com acesso online leem os relatórios e querem discutir os resultados com o radiologista

23 Jun, 2016

 

As revelações do estudo da Academic Radiology, divulgadas pelo portal especializado em radiologia AuntMinnie.com, sugerem que exames de radiologia são, mais do que nunca, um ótimo pretexto para a aproximação e o diálogo entre médicos e pacientes. E que o desafio de fazer com que tal comunicação flua de maneira clara, transparente e eficiente é dos radiologistas.

 

Um dos autores do estudo, Dr. Christoph Lee, da Universidade de Washington, declarou ao portal AuntMinnie que muitas perguntas surgem quando os pacientes têm acesso aos relatórios antes mesmo do que os médicos, algo que já é realidade também no Brasil, e que essa demanda obriga os médicos a centrar a comunicação no paciente, que é leigo, mas precisa entender o que se passa com a sua saúde.


Para investigar o quanto os pacientes estão fazendo uso de seus relatórios de radiologia online, os pesquisadores avaliaram mais de 129 mil pessoas nos Estados Unidos em 2014. Do total, 61.131 tiveram pelo menos um relatório de radiologia disponível, e 31.308 (51,2%) viram tais relatórios. Aqueles que viram os seus resultados de laboratório e notas clínicas eram mais propensos a ver os relatórios de radiologia. Mulheres com 25 a 39 anos de idade e falantes da língua inglesa eram mais propensas a ler os resultados dos exames.


O estudo recomendou que os radiologistas precisam estar cientes de que os pacientes frequentemente leem os seus próprios relatórios de exames quando eles estão disponíveis online, o que aumenta a importância da especialidade nos processos médicos.

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS