InCor é o melhor hospital especializado da América Latina, pelo segundo ano consecutivo

De acordo com a prestigiada revista norte-americana Newsweek, ele também está entre os 38 melhores hospitais em cardiologia e cirurgia cardiovascular do mundo.

23 Set, 2021

O InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP) recebe pelo segundo ano consecutivo o World’s Best Especialized Hospital, promovido pela revista americana Newsweek, como o melhor centro de cardiologia da América Latina e do Brasil e, neste ano, também o de melhor hospital em cirurgia cardiovascular no continente Sul Americano. O Instituto também figura na lista dos 50 melhores hospitais do mundo nessas especialidades, ao lado de instituições prestigiadas como Cliveland Clinic, Massachucetts General Hospital, Mayo Clinic, The John Hopkins Hospital e Duke University, entre outros. "Há muito empenho e trabalho por trás desse reconhecimento mundial. São perto de 4 mil profissionais, muitos deles pesquisadores de renome mundial, dedicando-se diariamente à assistência, ensino e pesquisa em nosso Instituto", diz o Prof. Dr. Roberto Kalil, presidente do InCor e diretor da Divisão de Cardiologia do hospital.

Esse trabalho teve início ainda na década de 1960, com a geração de pioneiros da cardiopneumologia e da cirurgia cardiotorácica no Brasil e América Latina, liderados pelos Professores Euriclydes de Jesus Zerbini e Luiz Venere Decourt. O primeiro transplante de coração do Brasil, e um dos pioneiros do mundo, foi o ponto fulcral nessa trajetória pontuada de inovações do InCor para a medicina mundial. "Já são quatro gerações trabalhando para manter o Brasil na vanguarda da cardiopneumologia no mundo", afirma o Prof. Dr. Fábio Jatene, vice-presidente do InCor e diretor da Divisão de Cirurgia Cardiovascular do Instituto. "É gratificante ver um centro de tratamento, pesquisa e ensino de caráter público e universitário, que é o InCor, ser reconhecido com um dos melhores do mundo. Isso mostra a força da nossa ciência e ensino e a relevância da saúde pública do Brasil".

Como é construído o ranking dos melhores

A pesquisa realizada pela revista norte-americana Newsweek em parceria com a Statista, empresa alemã especializada em dados de mercado e de consumidores, ouviu cerca de 40 mil profissionais (médicos, profissionais de saúde e gerentes de hospitais) e pacientes de mais de 20 países, ao longo do ano. Os resultados foram validados por um conselho global de especialistas de renome na classe médica.

A revista Newsweek reconhece as melhores instituições de saúde do mundo especializados nas especialidades de Cardiologia, Cirurgia Cardíaca, Oncologia, Endocrinologia, Neurologia, Neurocirurgia, Ortopedia, Gastroenteorologia, Pneumologia e Pediatria.

Confira a posição brasileira no World’s Best Especialized Hospital 2022.

Cardiologia (total de 250 posições)

24ª InCor - HCFMUSP

37ª Hospital Israelita Albert Einstein

60ª Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

68ª Sírio Líbanes

86ª Hospital do Coração

139ª Beneficiência Portuguesa

145ª Hospital Pro Cardiaco (RJ)

198º Hospital Oswaldo Cruz

Cirurgia Cardíaca (total de 150 posições)

38ª InCor - HCFMUSP

59ª Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

63ª Hospital Israelita Albert Einstein

81ª Hospital Pro Cardíaco

92ª Beneficiência Portuguesa

104ª Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo

118ª São Luiz Unidade Copa D'or (RJ)

Pioneirismo

Fundado em 10 de janeiro de 1977, no âmbito do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP), o InCor é um hospital público universitário de alta complexidade, especializado em cardiologia, pneumologia e cirurgias cardíaca e torácica. Em seus 44 anos de existência, ele se tornou um dos maiores centros em cardiopneumologia do mundo, considerando-se o volume de atendimento e o número de subespecialidades reunidas em um único centro.

Além de ocupar assento no grupo dos 50 melhores hospitais do mundo nas especialidades em que atua, o InCor detém a 7ª posição entre os centros que mais realizam transplante de coração no mundo e a 1º colocação no Brasil em transplante de pulmão e de coração pediátrico. O Instituto do Coração foi agraciado com o Prêmio Whow ! de Inovação 2020 como a empresa mais inovadora na área da Saúde, obtendo também o 8º lugar entre as 100 empresas brasileiras mais inovadoras, em todas os setores.

Em média, a instituição realiza por ano 260 mil consultas médicas, 37 mil atendimentos multiprofissionais, 13 mil internações, 5 mil cirurgias, 2 milhões de exames de análises clínicas e 330 mil exames de diagnóstico de alta complexidade. Desde 2020, o InCor tem desempenhado importante papel na trincheira do combate à pandemia da covid-19 no País. Entre suas contribuições, estão a formulação de protocolos de tratamento, o assessoramento técnico a UTI´s e a pesquisa sobre a doença e seu tratamento.

Sobre a Fundação Zerbini

Entidade criada em 1978 para apoiar o Instituto do Coração, a Fundação Zerbini é responsável por captar, gerenciar e investir na estrutura do próprio InCor recursos financeiros advindos de doações empresariais e privadas, agências de fomento à ciência e tecnologia e da prestação de serviços do Instituto na assistência, ensino e pesquisa em cardiologia e pneumologia. Caracterizada como instituição de direito privado e de utilidade pública, filantrópica, beneficente e sem fins lucrativos, a Fundação Zerbini não possui acionistas ou cotistas.

Fonte: Relações com a imprensa no InCor - HCFMUSP

 

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS