Tomógrafo biomagnético é avaliado como solução para demandas da saúde no Brasil

Acordo de cooperação vai utilizar o equipamento para ensino, pesquisa e extensão na Unifesp

15 Dez, 2016

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), por meio do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT), no campus de São José dos Campos (SP), firmou acordo de cooperação técnica com a Siemens Healthnieers para pesquisas sobre tecnologia biomédica com foco no diagnóstico por imagem.

Com o investimento, o espaço físico do ICT será adaptado para a instalação dos equipamentos. A equipe envolvida no projeto vai utilizar o tomógrafo magnético para pesquisas sobre o trato gastrintestinal  e também para acessar órgãos como rins e coração.

Os equipamentos serão utilizados também nas aulas de graduação, parceria de estágio e cursos de especialização para engenheiros e profissionais das áreas de saúde.

Leia a matéria na íntegra na nova edição do jornal Interação Diagnóstica. Basta cadastrar-se aqui.

Foto: Unifesp

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS