Hospitalar 2018: geração de negócios em saúde

Brasil atrai compradores no setor e se consolida como porta de entrada do investidor na América Latina

17 Jul, 2018

Durante o evento mais influente do setor de saúde das Américas, em maio deste ano, foram registrados mais de 41 mil visitantes únicos de mais de 50 países. Nos quatro dias mais de 85 mil visitas profissionais foram registradas. Ao todo, foram 1.200 expositores, 42 eventos de conteúdo, 124 palestras nas áreas do pavilhão, 8.000 congressistas e 620 palestrantes e debatedores.

Das mais de 1.200 marcas expositoras presentes, 70% já renovaram sua participação na Hospitalar de 2019. “Os resultados são bem expressivos, considerando-se o cenário político que vivemos no país. Ouvimos dos expositores que este foi o primeiro ano em que venderam desde o primeiro dia, um sucesso de negócios, o que demonstra a qualificação da nossa visitação e a confiança que conquistamos dos profissionais da cadeia pela capacidade de energizar o mercado”, destacou o diretor de estratégia da UBM Brazil, realizadora do evento, Rodrigo Moreira.

Segundo o diretor a qualificação da visitação durante o evento também surpreendeu. “Cerca de 59% dos cargos presentes na Hospitalar são de tomadores de decisão e influenciadores: 18% administrador; 13% do corpo clínico; 7% qualidade; 7% de compras e suprimentos; 6% engenharia/ infraestrutura/ arquitetura, decoração e urbanismo; 5% tecnologia da informação; 3% de produção. No segmento das empresas, 33% são da área hospitalar, clínica, casa de repouso e casa de saúde; 14% distribuidor, exportador; 9% lojas de produtos médicos, reabilitação e drogarias; 4% laboratório e análises clínicas; 3% home care.”

Dos principais países presentes da América Latina, a Argentina representou 21,59%, seguida por Peru 15,77%; Chile 15,01%; Bolívia 11,64%; Colômbia 11,49%; entre outros. Já entre os países expositores e visitantes, marcaram presença: Abu Dhabi; Alemanha; Angola; Argentina; Austrália; Bolívia; Brunei; Burkina Faso; Canadá; Chile; China; Colômbia; Coreia do Sul; Costa Rica; Dinamarca; Egito; Equador; Espanha; Estados Unidos; Estônia; França; Guatemala; Holanda; Hong Kong; Hungria; Índia; Inglaterra; Irlanda; Israel; Itália; Japão; Malásia; México; Moçambique; Panamá; Paquistão; Paraguai; Peru; Polônia; Portugal; Porto Rico; Reino Unido; República Tcheca; Rússia; Singapura; Eslovênia; Suécia; Suíça; Tailândia; Taiwan; Turquia; Uruguai e Venezuela. Dos estados brasileiros visitantes, os cinco principais do ranking são: Rio de Janeiro, 15,41%; Minas Gerais, 15,02%; Paraná, 8,78%; Santa Catarina, 7,02% e Rio Grande do Sul, 6,79%.

 
GERAÇÃO DE NEGÓCIOS

Das empresas relacionadas à Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médico, ABIMO, 113 tiveram a oportunidade de expor seus produtos na Hospitalar e encerraram o evento com cerca de R$ 500 mil em negócios fechados e mais de R$ 3 milhões em expectativas para os próximos 12 meses. Desse montante, 95% já renovaram a participação para 2019.

Também promovida pela ABIMO, a tradicional Rodada de Negócios agradou vendedores brasileiros e compradores de nove países da América Latina: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Honduras, Paraguai, Peru e República Dominicana. A expectativa é de que o trabalho se reverta em US$ 4 milhões em negócios nos próximos doze meses para as 40 empresas brasileiras que participaram da rodada este ano.  

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS